domingo, 24 de abril de 2011


Quem sou?!

O que sou neste dia de chuva,
Partiu daquela criança,
Sonho, alegria e esperança!
O que sou nos dias de sol,
Partiu do que não se mostrou,
Aquele do quarto fechado,
O grito interrompido de medo,
Dá vida pro mundo levar!
O que sou de concreto na vida?
A caixa que ainda não se abriu,
O casulo, fechado, fechado mesmo!
O sonho dos dias de  chuva,
A alegria dos dias de sol,
A esperança, da vida passar!



Clodoaldo Gomes

2 comentários:

  1. Amigo tudo o que vc escreve é muito lindo,mas dessa vez vc estava especialmente inspirado.

    ResponderExcluir